III Simpósio Nacional sobre Democracia e Desigualdades

Brasília, 11 a 13 de maio de 2016.

Anais do III Simpósio Nacional sobre Democracia e Desigualdades 
 

Abreu e Elias. Republicanismo, feminismo e desigualdade: ampliando o conceito de liberdade como não dominação

 

Argolo e Rubim. Mulheres e democracia na América Latina: debates sobre as propostas de representação especial de grupos minoritários

Barbosa e Kerbauy. Instituição participativa e institucionalização da participação: uma discussão conceitual

Binde et al. O céu pode esperar? A bancada evangélica no Brasil (2003-2014)

Bock e Gonçalves. A dimensão subjetiva da desigualdade social – desafios teóricos e metodológicos

Campos. Mobilização ou desmobilização? As mudanças no repertório de ação do MST frente ao governo Dilma

 

Cunha. Lugar fora das ideias urbanísticas: população negra, bairros negros e a produção conceitual das cidades

 

Ferreira e Oliveira. As mulheres não são donas de seus corpos: produção de conhecimento e violência obstétrica no Brasil

 

Ferreira et al. Presença política feminina: a percepção da temática na literatura

 

Freitas e Mesquita. Direito das mulheres na lei e na vida:o aborto na agenda do jornal Fêmea

 

Godoy e Soares. Desigualdades sociais urbanas, indicadores sociais e representabilidades: notas sobre o caso de Porto Alegre

Gutierres. Propostas de enfrentamento da desigualdade socialno governo Lula: uma abordagem dos diferentes projetos em disputa no âmbito das políticas sociais

Hashizume. Relações de trabalho no telemarketing: saúde, ética, democracia e direitos

Jaquetto. Entre luzes e som, só encontro, meu corpo, a ti: corpo e vivências afetivo-sexuais de mulheres negras a partir da obra de Beatriz Nascimento

Macedo. Democracia do proletariado: elementos para a construção de uma teoria democrática marxista

Mantovani. Interseccionalidade: uma reflexão sobre desigualdades cruzadas de gênero, raça e classe social

Mariano. A controvérsia do aborto no Brasil: fatos e dinâmicas que influenciaram a discussão na Câmara dos Deputados entre 1991 e 2014

Mota e Barbosa. Revisando algumas facetas do cuidado: reflexões sobreuma desigualdade tolerada

Mussi. Populismo periférico: o pensamento político do Cedec(1976-1988)

Paradis. O dissenso democrático sobre a prostituição e a mobilização de diferentes sentidos sobre as noções de liberdade, igualdade e sexualidade

Puzone. A classe trabalhadora brasileira entre a integração e a ruptura: notas a respeito da desigualdade social e a constituição de um “anseio reformista"

Subuhana e Impanta Gênero e migração: cruzando histórias e trajetórias das estudantes guineenses na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira (UNILAB), Ceará, Brasil

Santos. Modelagem política: iniciativas de e-participação de governo e o ciclo de políticas públicas

Sanchez. Contestando os limites do político: o lugar da representação na teoria crítica feminista

Suzina. Popular media and the issue of plurality in the public sphere

Silva. Religião e política: Atores e disputas no cenário brasileiro

Silva. Os instrumentos de reforma urbana na Amazônia ribeirinha: limites e possibilidades ao planejamento e a gestão democrática e participativa 

Tanscheit. A “PEC das Domésticas”: uma análise do trabalho doméstico à luz do feminismo negro

Tosold. Rompendo com a violência institucionalizada: reflexões sobre o corpo enquanto locus analítico

Valmore e Souza. A institucionalização da Ciência Política : percepção dos editores e produção dos doutores (2005-2014)

Vitullo. A democracia e os seus inimigos: dois séculos de luta liberal contra a participação popular

Mande seu e-mail para: 

gp.demode@gmail.com

 

Ou escreva para:

Grupo de Pesquisa Democracia e Desigualdades - Demodê

Instituto de Ciência Política - IPOL

Universidade de Brasília - UnB

Campus Universitário "Darcy Ribeiro" - Asa Norte

70904-970 - Brasília - DF - Brasil

Apoio: Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF)